Edição #76

GÊISER
COM "DOIS" CDS NAS MÃOS

A banda curitibana caminha há dez anos com o dois pés no chão e se destaca por ser a primeiro grupo no mundo a lançar um álbum duplo completo logo em sua estréia

Daniele Alexandre

Não foi por falta de esforços que o grupo curitibano Gêiser, formado em 2002, conseguiu lançar seu primeiro trabalho depois de mais ou menos dez anos de carreira. Para se eximir de todo esse tempo, a banda estréia com um CD duplo de inéditas - segundo o conjunto, pela primeira vez na música um artista coloca no mercado um trabalho duplo em seu primeiro lançamento. O álbum Desventuras (gravadora MNF Brazil) promete ser um destaque na cena pop rock nacional, com músicas despretensiosas que abordam o cotidiano das relações amorosas.

Apesar do Desventuras ser considerado o trabalho de estréia, a banda já possui no seu currículo o EP, Felicidade, lançado em 2003, contendo apenas seis faixas. Com aquele trabalho, o conjunto foi elogiado pela crítica especializada e começou a ampliar seu público. Dos frutos colhidos com o disco, podem ser citadas a participação no FUM (Festival Universitário de Música), em Manaus, e também a única contribuição nacional para o coletânea CD Antena 1 - Love Flashback, com a composição "It's Up To You".

Formada por Erik Figueiredo (vocal e guitarra), Fábio Wolf (baixo), Lélo Oliveira (guitarra) e Marcos Gomes (bateria), a banda tenta criar nesse CD de estréia um som único. Com a participação do renomado engenheiro Tim Young (vencedor do Grammy 2008 pela remasterização do álbum Love, dos Beatles), baladas pop rock são mescladas com sons do passado como o bubble gum, o boogie woogie e levadas sessentistas contando, como se fosse um roteiro de um livro ou de um filme, a história de um romance, desde seu início até seu término.

A Comando Rock conversou com o vocalista Erik Figueiredo sobre seus projetos individuais, o percurso percorrido pelo Gêiser, o processo de composição e gravação do CD duplo e as expectativas da banda em relação ao lançamento do Desventuras.

(Leia a entrevista completa na versão impressa da Comando Rock que já está nas bancas)

Voltar